Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Notícias do bloqueio. Venezuela.

por FJV, em 20.03.09

Daqui a nada está construído o socialismo do século XXI. Passo a passo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Surf.

por FJV, em 20.03.09

O Pedro Adão e Silva tem um blog novo, o Léxico Familiar. O que poucos sabem é que sai em Junho o livro com as suas crónicas de surf. Pelo que já vi, bem bonito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O trânsito.

por FJV, em 20.03.09

O Nuno Ramos de Almeida tem razão. As «novas gerações» acham as manifestações um incómodo, atrapalham o trânsito, impedem os jornalistas de chegar a horas às conferências de imprensa, etc., quando tudo se podia resolver com simplicidade num fórum da rádio, em declarações feitas na placidez de estúdio. O serviço público da rádio é a informação sobre o trânsito; tudo (a realidade, a dificuldade de viver, etc.) deve passar-se entre o comandante da rádio e os seus ouvintes, disciplinados, cada coisa no seu lugar, higienicamente, o povo ao volante escutando as notícias sobre as «complicações na A4» ou na não sei quê de Carriche. À força de ser moderninha, a rádio diz asneira com bastante frequência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Clica, clica.

por FJV, em 20.03.09

Ontem à noite, num jantar, alguém dizia que «já não estou habituada a folhear um livro; gosto mais de clicar  e de ver as páginas a passar». E lê muito?, pergunta alguém. «Ainda há poucos livros em formato digital, não é?» (mentira, mentira). Subitamente, a mesa fica dividida entre os que clicam e os que folheiam. E sinto-me de repente de outro século, de outros séculos, com uma enorme nostalgia de páginas húmidas, devoradas pelo tempo, manchadas, comidas pelos micróbios, enquanto a pessoinha à minha frente clica permanentemente num ecrã, lendo páginas que não lê, anotando a lápis num ecrã moderadamente limpo, procurando pilhas para continuar a poder ler o Tristram Shandy. Clicando, clicando. E eu folheando, folheando.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Imagina que eram sonetos em vez de «sms amorosos»...

por FJV, em 20.03.09

«Já por diversas vezes, em diferentes quadros parlamentares, Jaime Gama foi desafiado a estabelecer regras de controlo à circulação dos jornalistas, nomeadamente dos que operam com imagem (operadores de câmera e fotógrafos) de modo a evitar que registem momentos que os deputados não querem ver registados (a trocarem SMS amorosos ou a escreverem em "chats" como o "Messenger").» No Diário de Notícias.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds