Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Revista de blogs. Uma ideia simples.

por FJV, em 29.02.08
«Os militantes do PCP que, sábado à tarde, integrarão a Marcha pela Liberdade, em Lisboa, deviam lembrar-se de Ingrid Betancourt. Há 6 anos presa. Sequestrada. Sem acusação, nem julgamento. Muito doente, segundo os últimos testemunhos. Ninguém defende a liberdade quando é cúmplice de sequestros e prisões desta natureza.»
{Tomás Vasques, no Hoje Há Conquilhas.}

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vida real.

por FJV, em 29.02.08
Começa hoje, em Portimão, o julgamento de Lília e de Ricardo. São acusados de terem assassinado Marco com 21 facadas. Lília era mulher de Marco. Ricardo, amante de Lília. Ricardo matou "porque a amava" e ela o "pressionou psicologicamente" para esfaquear o marido. Lília diz que não sabe de nada. 21 facadas já dão um romance.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lavagante Excelentíssimo.

por MAV, em 28.02.08

 

Se porventura fosse necessário lembrar (e talvez o seja às gerações mais novas) que José Cardoso Pires foi um dos maiores prosadores portugueses do século XX, a publicação de Lavagante (pelas Edições Nelson de Matos) seria um excelente pretexto.

Desde as primeiras linhas desta novela curta, escrita provavelmente entre 1963 e 1968, sente-se o estilo inigualável de Cardoso Pires, o desenho rigoroso das personagens (aqui, uma fabulosa Cecília), o levantamento de ambientes e situações que de modo tão intenso marcaram toda a ficção do autor.


Lavagante (retrato dos tempos do Estado novo) fica, para já, como o primeiro grande acontecimento editorial de 2008.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Canções fatais. Eddie Brickell and the New Bohemians: «Circle»

por FJV, em 28.02.08

Autoria e outros dados (tags, etc)

Povo.

por FJV, em 28.02.08
Imaginemos, por um momento, que Luís Filipe Menezes tem razão quando diz, paracitando John Wayne, que «está quase toda a gente contra mim excepto o povo». O que se há-de fazer com o povo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma coisa por outra.

por FJV, em 28.02.08
Uma equipa de investigadores de uma universidade britânica está a deixar em pânico a indústria farmacêutica, nomeadamente os fabricantes de antidepressivos como o Prozac, o Seroxat ou os genéricos de fluoxetina, que em Portugal vendem cerca de seis milhões de embalagens por ano. O que dizem eles? Que os doentes “moderadamente deprimidos” não notam a diferença entre serem tratados com antidepressivos ou com placebos. O que é um placebo? Tudo. No caso, pode ser um comprimido de água, farinha e açúcar. O importante é que o doente pense que está a tomar um medicamento e que melhorará o seu estado de saúde. O género humano vive de substituições: um amor por outro, um gesto por outro, uma palavra por outra. O importante é que se acredite que a promessa de redenção e de felicidade se mantém, original e intacta. Imaginando que este estudo tem pernas para andar, iremos assistir a outra etapa: psicanalistas, psicólogos e terapeutas terão a vida mais difícil.
[Na coluna do Correio da Manhã.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pão, 2.

por FJV, em 28.02.08
O preço do pão pode aumentar 50%. Há uns anos faria muita diferença; mas o País que sobrevivia a pão e sardinha já não existe e hoje evita hidratos de carbono para não prejudicar a linha. Se no séc. XVIII Maria Antonieta recomendou ao povo que comesse brioches por não ter pão, hoje diria que comessem bolachinhas. De dieta.
[Na coluna do Correio da Manhã.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Da importância de Barry White em apenas 35 segundos.

por FJV, em 28.02.08


De como Barry White deve ser tido em conta nas questões mais importantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Momentâneo lapso de machismo troglodita.

por FJV, em 27.02.08


Desfile de tropas ucranianas em Kiev.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Canções fatais. Cowboy Junkies, Margo Timmins: «Misguided Angel»

por FJV, em 27.02.08

Autoria e outros dados (tags, etc)

Canções fatais. Rainbirds, Katharina Franck: «Love is a better Word (White City of Lights)»

por FJV, em 27.02.08


Neste vídeo, Lisboa é a City of Lights.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pão, 1.

por FJV, em 27.02.08
Aqui estará a mão da plataforma contra a obesidade?

Autoria e outros dados (tags, etc)

A vitória de Zapatero e a posição de Vargas Llosa.

por MAV, em 26.02.08
Segundo as sondagens espanholas, Zapatero terá vencido Rajoy no debate de ontem (a que assisti pela TVE). Mas a grande notícia do dia foi sem dúvida a posição tomada por Vargas Llosa. Apesar de apoiar agora o UPyD (União, Progresso e Democracia, o novo partido de, entre outros, Savater), a sua declaração enfraquece o PP e cai como uma luva na estratégia do PSOE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Jurisdiquês.

por FJV, em 25.02.08

As novelas da Justiça portuguesa deviam indignar-nos. A palavra está gasta e não significa nada – mas poderíamos ser mais claros: devíamos zangar-nos. Já estávamos preocupados, mas agora devíamos zangar-nos mesmo. Ontem, no CM, João Vaz chamava a atenção para o descrédito que banaliza qualquer decisão dos tribunais sobre questões políticas e partidárias. Tem toda a razão. A mesma coisa acontece nos processos relativos ao Apito Dourado, sob os quais pende a desconfiança de estarem sustentados em profissões de fé, ou pura ignorância, dos investigadores ou dos magistrados. A guerra entre a Procuradoria e o governo é outro dos enredos que pode vir a terminar mal. Para já, desconfiamos das investigações, desconfiamos dos juízes e desconfiamos dos processos. Acabaremos, mais tarde ou mais cedo, a desconfiar da lei – o que seria uma tragédia, num país que tanto gosta de legislar sobre tudo e que se transformou numa cacofonia onde toda a gente fala ‘jurisdiquês’.

[Na coluna do Correio da Manhã.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Revista de blogs. Coisas de família.

por FJV, em 25.02.08
«A minha mãe está no Messenger, a perguntar se eu estou bem agasalhado.»
{Rogério Casanova, no Pastoral Portuguesa}

Autoria e outros dados (tags, etc)

Viajar, há cinquenta anos.

por FJV, em 25.02.08




Autoria e outros dados (tags, etc)

Aznavour

por MAV, em 24.02.08

 

 

Um Pavilhão Atlântico (quase) cheio assistiu ontem a um concerto memorável de um Charles Aznavour em grande forma. É evidente que, aos 83 anos, Aznavour se defende e já não é exactamente o mesmo. Mas é precisamente esse facto que acrescenta uma mais-valia ao evento. Quem quiser ouvir a "voz" tem os discos à venda no mercado. Aqui, ao vivo, não foi a voz que se procurou - foi antes uma certa maneira de encarar a "chanson", um estilo de estar em palco, uma forma de veicular palavras sempre carregadas de muito mundo.

Nostalgia? Claro, nostalgia. Mas é também com ela que se constrói o futuro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Exactamente.

por FJV, em 24.02.08
Post de Bruno Sena Martins sobre o espremedor de citrinos, O  Monte dos Vendavais e Orgulho e Preconceito, a falta de educação sentimental do Ministério Público e o ridículo que vem aí; o post leva o título de «Pinto da Costa e John Le Carré».

Autoria e outros dados (tags, etc)

O cantinho do hooligan. Música incidental: Mariano.

por FJV, em 24.02.08

Autoria e outros dados (tags, etc)

O cantinho do hooligan. Sempre gostei da Argentina.

por FJV, em 24.02.08


      

O esquadrão argentino. O bom.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais imagens.

por FJV, em 24.02.08



Rostos de mulheres; dos anos trinta aos finais de quarenta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Yes, we can.

por FJV, em 23.02.08

Imagens de 1942 e 1982.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Prova cega.

por FJV, em 23.02.08


Seria capaz de reconhecê-los em qualquer lugar, aos Ramon Allones.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Apito dourado.

por FJV, em 23.02.08

Não se trata de profissão de fé, mas dados os testemunhos mais ou menos públicos de toda esta gente envolvida, parece evidente que a maior parte das acusações vai cair por terra. O «caso Bexiga» é central e constitui um deslize monumental. A  ver vamos. É o que acontece quando a justiça se move por profissões de fé.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Abrir a escola?

por FJV, em 23.02.08

A ministra da Educação garante que o decreto sobre o novo regime de autonomia e gestão escolar vai proporcionar “uma maior abertura ao exterior”. Precisamente o que eu temia. Exactamente aquilo que o leitor deve temer. Esta anunciada abertura da escola aos “agentes da comunidade local”, como pais, autarquias e “outros agentes” é muito perigosa. Já acho duvidoso que a gestão das escolas possa albergar pais e autarcas; o seu limite deve ser, apenas, uma espécie de conselho consultivo. Mais nada. A ideia de “abrir a escola à sociedade”, muito certinha, não quer dizer absolutamente nada. Penso, aliás, que a escola já está “aberta” demais à sociedade, que a enche de lugares-comuns, erros ortográficos, sintaxe de 'sms', discursos sem nexo, e vários elementos de distúrbio. A democracia, que transformou as escolas em “estabelecimentos de ensino”, uma espécie de “fábrica de cidadãos” em regime industrial, ainda não se desfez da ideologia que a conduziu ao desastre.

[Na coluna do Correio da Manhã.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

O estado das coisas.

por MAV, em 22.02.08
Ver no blog  "Da Literatura", ou no "Público", uma magnífica análise de Constança Cunha e Sá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ah, boas ideias.

por FJV, em 22.02.08

Um poster de 1942.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Por isso é que há escritores que vale a pena ler.

por FJV, em 22.02.08


«Quando quero sustentar ideias, escrevo artigos. Quando quero mandar mensagens, vou aos correios. Quando quero dar recados, aviso. Se me desse para alegorizar, fechava-me em casa e não confessava a ninguém, até que me passasse.»
Mário de Carvalho, numa entrevista à Lusa, sobre o seu próximo romance, A Sala Magenta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Santa Aliança.

por FJV, em 22.02.08

Lembram-se desta foto? Era o início da Santa Aliança entre Lula e Edir Macedo, o super-pastor da IURD. Investigação da Folha de São Paulo dá conta de que a IURD «é a maior proprietária de concessões de televisão do país; são 23 emissoras de TV, além de 40 emissoras de rádio» além de arrendar as 36 rádios que integram a Rede Aleluia. Santa Aliança. Há uns meses (em Setembro) Lula «enalteceu a iniciativa dos donos da Record de contribuir para a democratização do acesso à comunicação».
Relembre a opinião de Reinaldo Azevedo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Duas ou mais imagens por dia. Livros, 7.

por FJV, em 22.02.08





O Pedro Brás Marques sugere («uma «biblioteca-escada» que constitui não só um óptimo aproveitamento de espaço como, principalmente, se revela uma deliciosa metáfora») esta imagem londrina: uma escada-biblioteca que vem na Apartment Therapy.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4




Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds