Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 18.10.07
||| Ora aí está.
O Filipe explica um mistério que já me tinha alarmado: por que razão houve três votos nulos na eleição do novo líder da bancada parlamentar do PSD?
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Nada de confundir liberdade com licenciosidade.
Porquê esta pequena revolução no Origem das Espécies? Em primeiro lugar, porque tenho a caixa de correio cheia; em segundo lugar, porque é bom reagir «a pedido»; em terceiro lugar por outro motivo qualquer. Regressam os comentários a partir de agora. Com respeitinho, evidentemente; nada de confundir liberdade com licenciosidade. Vá, suportem lá esta pequena ironia.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

...

por FJV, em 18.10.07
||| Cecília.








Tens toda, toda, toda a razão. O João Gonçalves escreve: «[...] com Sarkozy chegou um novo tipo de primeira-dama. A que, já o sendo, se está nas tintas para continuar a ser e se divorcia. Cécilia ainda teve tempo para um gesto de diplomacia paralela bem sucedido antes de decidir ir à vida dela. Quantas pirosas e putativas candidatas a primeira-dama seriam capazes disto?»
Curioso como em certos blogs tratam o caso, mencionando o «corno enamorado», com aquele pequeno ar de «escândalo da República», aquele tremor no esófago ao mencionar que «s’il mène les affaires de la France comme il a mené ses affaires conjugales...» Escândalo? Dar a César o que é de César, mencionar a alcova conjugal apenas o estritamente necessário. O conceito de «primeira-dama» como um apêndice da figura do Estado é uma velharia anterior à Rainha Vitória (que era valente). É uma bela moça, essa Cécilia.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Referendo.
Dado o teor desta notícia («Uma larga maioria dos eleitores dos cinco maiores países da União Europeia defende um referendo ao novo Tratado europeu», diz o Financial Times), a solução é óbvia: dissolver o povo e eleger outro.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Design & artes gráficas.










No Reactor.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

...

por FJV, em 18.10.07
||| Revista de blogs. Música a pedido.
«Estamos no plano de uma sincera desistência do dia que, contra a costumeira celebração sexual do móvel, escarnece todo o convívio erótico que a cama lembra ou representa: nada de canzanas, sessenta e noves ou cafunés. Apenas Aimee Mann. Amanhã vou descer ao café, vou espreitar por sobre o jornal, vou pôr-me adivinhar quem tem cara de andar a levar a Aimee Mann para a cama.»
{Bruno Sena Martins, no Avatares de um Desejo}
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Revista de blogs. Bolivarianos?
«Deixem as revoluções constitucionais para a Venezuela.»
{Pedro Mexia, no Gattopardo.}
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Revista de blogs. A Queda do Império.
«Todavia, nem a razão nem o coração moderaram o abandono do Ultramar. Só o bezerro de ouro contou e conta à conta de milhões de abandonados à miséria e à morte quotidianas. Basta atentar na promiscuidade dos interesses e dos negócios entre gente aparentemente respeitável da ex-metrópole e os simétricos das ex-colónias para se perceber que tudo correu mal salvo para meia dúzia de “democratas” que nem solidários souberam ser com os seus compatriotas que literalmente criaram esses “novos” países e com aqueles que os defenderam quando eram pátria. Nem “adeus”, nem “até ao meu regresso”. Não sobrou nada.»
{João Gonçalves, no Portugal dos Pequeninos.}
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Revista de blogs. Educação & etc.
«Porque é que o governo não centra a actividade escolar no ensino e aprendizagem das matérias clássicas: matemática, português, línguas, ciências, história, artes, incentivando valores como a disciplina, o trabalho, o esforço, o respeito pelos outros?
Encham a cabeça das crianças, adolescentes e jovens dessa treta toda, pode ser que fiquemos melhores – claro que me pergunto como é que países como o Reino Unido, Holanda, Suécia ou mesmo a vizinha Espanha, conseguem ter graus de literacia e de sucesso escolar superiores ao nosso, e no entanto vivem (crianças e adultos) sem a alegria dos valores republicanos.»
{Joana Carvalho Dias, no Hole Horror.}
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Revista de blogs. Há coisas fantásticas.
«Talvez fosse muito querido aos 18 ser um pipi indeciso, eu tinha amigos que gostavam de ir ver as mamas da Kati ao monte e namoravam muito e com gosto, pipis indecisos. Lá está, mestre, o óbvio ululante. E tu por certo saberás explicar, para minha alegria, porque só mulheres extremamente bonitas e/ou interessantes se podem ter dado, ou dar, a tamanho enconanço - Desculpem, mas agora teve que ser.»
{Mónica Marques, no Sushi-Leblon.}
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Revista de blogs. Orçamento de Estado.
«Já não podemos dizer que as boas medidas deste governo são só aquelas que não implicam encargos adicionais para o Orçamento de Estado. Para 2008, o OE propõe que os pastéis de bacalhau desçam ao nível dos croquetes, com uma redução do IVA de 12 para 5%.»
{Rui Bebiano, no A Terceira Noite.}
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
|||Orgulho ferido.
Apetecia-me pedir aos administradores do aeroporto da Portela que não deixem de visitar a sua casa, o nosso aeroporto. Não sei se visitam. Sabemos que ele é pequeno, que os corredores para as gates são mudados frequentemente, que inauguraram um barracão indigno e humilhante para os voos domésticos, que as malas demoram muito a chegar. Mas peço-lhes que visitem o aeroporto, a sua casa, o nosso aeroporto. Por exemplo, o que pensam de chegar a Portugal, num voo nocturno, e ter vontade de ir à casa de banho, à primeira delas para quem vem do espaço internacional? Eu digo-lhes: às onze da noite, o chão está imundo (escuso de dizer «de quê»), não há sabonete líquido nem toalhetes de papel, há um lago no meio, um mau cheiro que não vale a pena descrever, as portas estão sujas, os azulejos estão sujos. Está bem; sou português, conheço a Pátria, limito-me a protestar, penso em escrever uma carta à administração da ANA, ou da Groundforce, ou da TAP, já não sei. Mas um cidadão que apanha um voo em Paris, em Amesterdão, em Frankfurt, no Rio de Janeiro, em Nova Iorque, em Caracas – chega e vê isto. Não sei se merece, não sei se merecemos. Mas, diante disto, desta imagem de casa de horrores, suja, nojenta, peço que o aeroporto passe a ser considerado área prioritária do ministério dos Negócios Estrangeiros, do Turismo de Portugal, do ICEP, da Direcção-Geral de Saúde e da ASAE. Não podem promover-se o Allgarve e as belas imagens da publicidade que está colocada na imprensa estrangeira, e depois manter as casas de banho do aeroporto neste estado. Não pode manter-se o hall de chegadas como se fosse um cenário para filmes de pós-tragédia, onde se fuma nos locais proibidos, onde o lixo transborda dos cestos, para não falar dos táxis que (emboram tenham melhorado o seu serviço) continuam a receber mal. A receber mal quem nos visita, exactamente. Não, não é provinciano, isto. É orgulho ferido. É ter pena que «a nossa casa» (a casa dos administradores do aeroporto de Lisboa) esteja suja, desleixada e tudo isso. O estado das casas-de-banho é um escândalo. Eu proponho que, à boa maneira americana ou alemã, os administradores dêem um passeio pelas casas-de-banho por volta das dez da noite e recebam os turistas, os visitantes, os passageiros. Que tomem nota e se envergonhem. Não deixem a vergonha toda para nós.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Pessoa MBA.
«Nunca nenhum homem se tornou milionário pelo trabalho árduo ou inteligência.» É a epígrafe de Organizem-se. A Gestão Segundo Fernando Pessoa (edição Oficina do Livro). Diz Filipe Fernandes, o autor, que Pessoa tinha uma ideia sobre o futuro da economia portuguesa «a partir de uma posição económica liberal de influência claramente britânica». Vou ver.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

...

por FJV, em 18.10.07
||| Negócios Estrangeiros.
O tema é «política externa deste e de outros mundos»; tal é o programa do novo O Conserto das Nações.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

...

por FJV, em 18.10.07
||| Livros sobre nada.








Folheio o livro com a curiosidade de um ignorante: O Mundo das Nuvens. História, Ciência e Cultura das Nuvens, de Gavin Pretor-Pinney (edição Estrela Polar). Esta madrugada comecei a estudar as cumulonimbus, mas o dia despertou claríssimo e azulado. Nem sinal de stratocumulus.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

...

por FJV, em 18.10.07
||| Steiner em Portugal.
Na Gulbenkian, a partir de dia 25, um ciclo de conferências e debates sobre os limites da ciência; para abrir, George Steiner.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Booker e McCann.
Só agora reparo que Anne Enright, a vencedora do Booker Prize deste ano, é a autora deste artigo que citei há duas semanas, «Disliking the McCanns».
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

...

por FJV, em 18.10.07
||| Prémio de poesia.







O Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa foi atribuído a Nuno Júdice pelo seu livro As Coisas Mais Simples (edição Dom Quixote).
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

...

por FJV, em 18.10.07
||| Criacionismo e inteligência.
Os criacionistas não acreditam nesta notícia, a de que o Homo Sapiens come marisco há 165.000 anos. Por mim, lamento muito que tenham tido que esperar 158.000 anos pela invenção da cerveja, mas não se pode ter tudo ao mesmo tempo.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 18.10.07
||| Quarta República.









Ontem, ao princípio da noite, foi o lançamento do volume que recolhe o essencial do Quarta República (edição Cosmos). Surpresa pessoal: muito divertidos e bem-humorados, os autores do blog. O livro está já na segunda edição.

Detectada a presença de muitos bloggers; entre eles, Isabel Goulão, João Villalobos, Adolfo Mesquita Nunes, Helena Matos, João Caetano Dias, ou Paulo Gorjão. Aliás, foi um dos momentos da noite, quando Manuela Ferreira Leite, na sua apresentação, reafirmou que não escrevia na blogosfera. Mas teve um lapso, muito favorável ao Paulo Gorjão; nas suas palavras, não se sentia «atraída por essa bloguítica». Pelo contrário, Mota Amaral foi escutado, num grupo, a falar sobre blogs -- temos aí um leitor.
Outro dos momentos da noite: ao longo da sua intervenção, Pinho Cardão fez várias referências divertidas à necessidade de descer os impostos, arrancando vários sorrisos na assistência (de Tavares Moreira a Miguel Frasquilho), mas nem um comentário a Manuel Ferreira Leite.
Dada a presença de muita gente ligada ao PSD, evidentemente que se murmurou: «Olha, são as elites.»
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds