Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 13.04.07
||| E, portanto.
Como escrevia o Paulo Gorjão e se dizia neste post,«qualquer discrepância entre as declarações do primeiro-ministro e pormenores eventualmente revelados por futuras investigações jornalísticas, será decisiva».

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 13.04.07
||| Casablanca.
Casablanca fica a cinquenta minutos de Lisboa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 13.04.07
||| Lembrar os professores.
Obrigado ao Luís Januário por isso.

Lembro os nomes de todos os meus professores. O de História, Antero Lopes. O de Ciências da Natureza, Dr. Castro. O de Francês, Peixoto, que nos obrigava a recitar Verlaine («les violons de l’automne…». O de Estudos Literários I e II. O de Expansão. A de Estudos Camonianos. O de Filosofia Medieval. O de Literatura Brasileira, Mário António, que de facto mudou a minha vida de leitor. A de Latim I e II. O de Grego, em aulas depois de almoço, solitárias (éramos apenas dois, suportando poemas clássicos sobre as batalhas do Peloponeso durante as tardes de Maio). O de Geografia, que nos explicou como funciona o sistema de barragens da China. Até os nomes de todas as minhas professoras de Linguística, chomskyanas ou estruturalistas de primeira geração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 13.04.07
||| Esqueçam por instantes o caso de Sócrates.
Evidentemente que o caso da licenciatura de José Sócrates merece outra discussão, mas há uma questão que deve ser colocada a propósito dos «cursos frequentados» por dirigentes políticos já em idade madura. Constituem, sem dúvida, um degrau de aperfeiçoamento. Mas a qualidade das escolas e dos cursos deixa muito a desejar, e o «aperfeiçoamento» nem sempre se refere às qualidades científicas ou humanísticas do aluno.
Rui Curado Silva aborda esta questão aqui. E remata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 13.04.07
|||O meu gosto pelo populismo.
Notícias que tive esta manhã. Depois de ter sido eleito o novo governador PT da Bahia, choveu durante todos os dias do Carnaval de Salvador, aumentou para 7,2 (de 3,3) o número de assaltos a ônibus na região metropolitana de Salvador, aumentou 15% o número de homicídios, em Janeiro e Fevereiro 221 pessoas foram assassinadas, e os municípios de Camaçari e Dias d’Ávila transformaram-se em campo de execuções dos grupos de tráfico de droga. Esqueçam tudo o que disse: o Vitória está a jogar melhor futebol.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds