Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 26.06.06
||| Do Brasil para Scolari.
Pela boca pode morrer o peixe. Aliás, o Parreira. Mas Parreira tem mesmo aquela cara de peixe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 26.06.06
||| Feira do Livro,2.










A maior feira do livro «a céu aberto» de toda a América Latina é a Feira do Livro de Porto Alegre, realizada na Praça da Alfândega, rodeada da cidade por todos os lados -- cafés ao lado (o absolutamente in Bistrô do MARGS, por exemplo), restaurantes bem perto, com rede de transportes acessível, grande número de alfarrabistas (sebos) e de livrarias locais, uma das pracinhas totalmente ocupada por canais de televisão e de rádio e por árvores, a Feira de Porto Alegre merece ser vista. Se não como modelo, pelo menos como exemplo de mobilização. Ao lado estão o Memorial do Rio Grande do Sul, a Casa de Cultura Mário Quintana, a Casa de Cultura Erico Verissimo, o Santander Cultural, entre outros (sem falar dos restaurantes populares do Mercado) -- todos convocados para a Feira.







Ver, também, a Primavera dos Livros, a realizar no Rio e em São Paulo em Novembro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 26.06.06
||| Vender livros. Mais uma máquina.
















O Bruno Sena Martins descobriu esta máquina de venda de livros em Paris. O Bruno ficou comovido «com a possibilidade de alguém comprar um livro de urgência, anoitecidas as livrarias».
Este senhor garante que comprou em Espanha, numa máquina destas, «o Vivir para contarla, de García Márquez, numa edição paperback bastante interessante por menos de €7. Na Bertrand em Portugal a única edição disponível está a €24,40...»

#

Uma confidência: há alguns anos, para organizar um «evento» (que não chegou a realizar-se, de resto) foram sondadas algumas empresas de vending, como parecem chamar-se as máquinas; queríamos saber se era possível distribuir, pelas ruas de determinada cidade, algumas máquinas preparadas para vender livros em vez de coca cola ou twix. Todas as respostas foram negativas; uma das empresas respondeu, amavelmente (e creio que com pena, pelo que percebi), considerando que o livro não tinha «fiabilidade de peso e de substância» para poder estar disponível numa máquina dessas. Felizmente que já é possível.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 26.06.06
||| Livros, feira do livro, etc.
Nem só coca cola se vende nas máquinas de rua. Veja-se este magnífico exemplo, sugerido pelo Nuno Seabra Lopes. Não, não é Paris, não é Londres, não é Genselkirchen. É em Santiago do Chile; uma máquina de vender livros («Retire su libro.»):


















Entretanto, acompanhe-se o debate sobre a Feira do Livro que decorre no Extratexto.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds