Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 01.12.05
||| Vergonha.








Ainda não sei bem quem é Co Adriaanse. Mas sei quem é Jorge Costa e é muito pouco digno o que se passou em relação à saída do capitão. O Bruce Willis de Ermesinde. Percebe-se que o treinador tenha chegado e perguntado: «Quem é aí o líder?» E tenha decidido sacrificá-lo. Mas é uma vergonha que o clube não lhe tenha explicado quem é Jorge Costa, o capitão. Ficámos ao nível desses clubes de gabirus, sem memória nem dignidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 01.12.05
||| Ética e decoro.
Um deputado socialista queixa-se, vejo no Público, de «alguém beneficiar da sua condição de deputado e, depois, não cumprir os deveres inerentes a essa função de deputado». O PS descobriu que é chato faltar às sessões. Tarde piaste.

P.S. - Manuel Pizarro, do PS Porto, falava em nome de dezenas de deputados e afirmou que percorre a bancada do partido «um sentimento de grande incomodidade» por causa da atitude de Manuel Alegre. Eu imagino o sentimento de incomodidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 01.12.05
||| Os livros de 2005.
O The New York Times publicou uma lista de 100 livros do ano (100 Notable Books of the Year). Oficialmente, sai na edição da NYT Book Review de 5 de Dezembro.

Especialmente aconselhada é a sua lista dos 10 melhores livros do ano: Kafka on the Shore, de Haruki Murakami (Knopf), On Beauty, de Zadie Smith (Penguin), Prep, de Curtis Sittenfeld (Random), Saturday, de Ian McEwan (Doubleday), Veronica, de Mary Gaitskill (Pantheon), The Assassins' Gate, de George Packer (Farrar), De Kooning. An American Master, de Mark Stevens & Annalyn Swan (Knopf), The Lost Painting, de Jonhatan Harr (Random), Postwar. A History of Europe Since 1945 (Penguin), The Year of Magical Thinking, de Joan Didion (Knopf).

Não sei se se lembram, mas de Zadie Smith (uma das autoras contemporâneas que mais gosto de ler) há em Portugal um excelente Dentes Brancos (Dom Quixote).


Já agora: vote aqui nos melhores livros de 2005 publicados em Portugal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 01.12.05
||| Questões com a literatura.

Temos muitas, demasiadas, frases dentro da cabeça,
é preciso um grande pudor para não usá-las.
Séculos de literatura fizeram de nós apenas isso,
passageiros obedientes, leitores compulsivos,
geógrafos errantes que desconhecem os nomes
entre as montanhas, o que fica no meio das árvores.

Não vale de muito. A vida interrompe as páginas dos livros
como entende, transporta nuvens espessas,
ignora os pardais nas margens dos bosques.

Às vezes acontece qualquer coisa, dizem que a sorte
bateu à porta: uma grande dor que esquece, os filhos
que repetem uma palavra nossa, uma que seja,
um avião que atravessa o céu, iluminado pela manhã.

Temos muitas frases dentro da cabeça, ideias arrumadas,
catálogos. A literatura perdeu-nos para as grandes profissões,
as pequenas esperanças, as bibliotecas de argila,
a poeira da tarde, os livros, as sombras dos caminhos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 01.12.05
||| A vida de noite.










Sim, escrever sobre a vida que passa. O comboio da meia-noite traz gente com sono. Jornais amarrotados. Pessoas que escrevem em moleskines. Risos antes de feriado. Eu próprio adormeço de vez em quando, como a vida que passa. Já é hábito acordar na mesma estação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 01.12.05
||| Beijos fatais.
Depois dos beijos de Vila Nova de Gaia, há os de amendoim. Recomendo a leitura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por FJV, em 01.12.05
||| O mais curto conto de fadas do mundo. Versões globais.












O Megeras Magérrimas apresenta versões do mais curto conto de fadas do mundo mas em tom de novela da Globo. Assim, há versões para todos os gostos: Benedito Rui Barbosa, Maria Adelaide Amaral, Gilberto Braga, Janete Clair, Sílvio de Abreu, Glória Perez, Manoel Carlos, e com a participação especial de Francisco Cuoco, Regina Duarte, Cristiane Torloni, Glória Pires, Betty Faria, Malu Mader, Fábio Assunção, Ana Paulo Arósio, Raul Cortez e, não podia faltar, Antonio Fagundes.

Mas há uma coisa que me intriga: por que não uma versão para Luana Piovanni? Hein?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Blog anterior

Aviz 2003>2005


subscrever feeds