Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por FJV, em 15.11.07
||| A amizade.
O Fernando fez o transplante, finalmente. Aguardava-o há meses. Não podia afastar-se de Lisboa porque podia ser chamado. Estive com ele na sexta-feira passada e falámos disso, do telemóvel sempre ligado, em estado de alerta. Fez o transplante, e está tudo a correr bem. Há uma comoção inteira e feliz quando repito a notícia: e está tudo a correr bem. Penso nele e acho que merece que tudo corra bem.
Depois de perder um amigo querido numa semana, outro amigo retoma a vida plena. Nenhuma coisa vale por outra; mas diante dessa ferida que não desaparece, há uma boa notícia.
[FJV]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Templário a 17.11.2007 às 01:43

Caro Francisco José Viegas

As minhas Condolências pelo seu amigo que partiu, mas que está vivo em outra Dimensão, porque DEUS Abençoa a Vida.

Felicitações pela recuperação da saúde do seu Amigo Fernando e vostos de continuação com mais saúde ainda!
Sem imagem de perfil

De Rui Vasco Neto a 16.11.2007 às 18:50

Não vejo o FS há uns anos. E não sabia da aventura que correu bem. Fico feliz por saber. Se te lembrares diz-lhe isso.
Sem imagem de perfil

De Rita a 16.11.2007 às 11:25

Também torço. Por ele e por ela.
Sem imagem de perfil

De Paulo Dâmaso a 15.11.2007 às 16:28

Olá Francisco.
Conheci-o pessoalmente, terça-feira à noite, após a Tertúlia no Casino da Figueira.
Tive muito prazer em conversas consigo e com o Vaz Marques, após aquele desenrolar de magníficas estórias e opiniões que deu.

http://paulodamaso.blogspot.com/2007/11/francisco-jos-viegas-carlos-vaz-marques.html

Um abraço.
Paulo Dâmaso, JN
Sem imagem de perfil

De princesa das estrelas a 15.11.2007 às 16:27

o Fernando está-se a aguentar, é um lutador. Nós por cá vamos torcendo por ele. é uma espera longa e injusta, porque não se pode fazer nada... a não ser torcer
Sem imagem de perfil

De Joshua a 15.11.2007 às 09:35

Ainda bem que a bloga nos põe ao corrente de estas horas-limite. Há como que uma comunhão de bloggers em horas assim.

A Comunhão dos Santos, no Além, Elohim me perdoe a fantasia, há-se ser semelhante a esta sensibilidade atenta aos outros, caros e próximos, mediada por um ecrã e um teclado.

Abraço

joshua

(Ontem na RTPN havia coisas ainda mais bizantinas a dizer sobre o Desacordo Ortográfico, não achas, Francisco?! Unidade na Pluralidade. Mais que isto não «é Jesus Cristo», mas o sexo dos anjos.)

Comentar post




Blog anterior

Aviz 2003>2005