Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 19.10.05
||| Revista de Blogs. Humano.
«Leio o Expresso ao fim de semana e guardo os suplementos. Como no restaurante do frango da guia nos dias em que vou ao cinema e janto fora. Sou do União de Coimbra. Vivo num país como o vosso e nunca tive imaginação para pensar noutro diferente. Um país onde faltasse o major aos gondomarenses, a Dulce Pontes à canção popular, a TVI aos serões dos trabalhadores, os Morangos com açúcar às pré adolescentes, um padre aos funerais, uma vacina para a gripe, uma esperança chamada Cavaco. Aos que são como eu, aos que não sabem para onde vão, aos que conheço pelo reflexo nas montras, queria deixar uma mensagem: Até numa vida como a minha pode haver um dia de glória.»
{Luís Januário, no A Natureza do Mal}

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005