Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 23.04.07
||| Salazar ganha de novo.
Aprendi com o meu avô a desconfiar do homem e a não gostar dele; o meu pai passou-me o vírus (um pobre homem da PIDE acusava-o de não ir à missa...); recebi o primeiro rádio a pilhas da minha vida no dia em que ele morreu. Estudei a oratória de Salazar e li bastante sobre ele, mas passo ao largo. As coisas são o que são. Simplesmente, esta ideia de a Câmara de Santa Comba Dão proibir romagens à campa do homem no dia 28 de Abril, seu aniversário, parece-me imprópria de uma democracia. Salazar não faria melhor, se bem que tivesse feito pior. Deixem essas pobres almas ir em romaria, comprovar que ele morreu.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005