Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O polígono estratégico: Cerveira, Caminha, Moledo, Vila Praia de Âncora.

por FJV, em 12.07.10

De cada vez que regresso de Cerveira, Caminha, Moledo, Vila Praia de Âncora — um polígono estratégico da minha vida (Longe de Manaus termina em Vila Praia de Âncora, O Mar em Casablanca termina em Moledo) —, agradeço muito à palermice dos portugueses que vão para lugares onde se acotovelam entre nuvens de transpiração e mosquitos, e onde não podem respirar o ar do fim de tarde em Âncora ou nos pinhais e dunas de Moledo. Também mencionaria as «neblinas matinais» e o Forte da Ínsua visto do areal, enfrentando o monte de Santa Tecla. Fazem bem. Desta vez desci para Cerveira pela serra e, depois de uma tarde magnífica (apenas suspeitei, lá atrás, a ilha da Boega), fui levado por Caminha, Moledo, até Vila Praia de Âncora. Só faltou parar na feirinha para comprar travessas de barro, colheres de pau (que estão proibidas) e umas cutelarias de Guimarães. Depois, mão divina levou-me à mesa, para uns mexilhões frescos fantásticos (sem nenhum «molho à espanhola», apenas com limão, pimento, cebolinha e um fio de azeite), um polvo que não adivinha jogos de futebol, umas amêijoas robustas, tensas, que nunca fizeram regime — e um robalo pescado à linha. Podia dizer-vos qual foi o vinho branco, mas seria injusto e quero reservar umas caixas para a próxima temporada (divisei, mas não tive tempo para a função, uma garrafinha de aguardente, branca, puríssima, enevoada, que ia bem com o charuto). Barracas de praia no areal. Praças com esplanadas para beber café e Água das Pedras com gelo e limão. Jornais portugueses e estrangeiros. Gente nobre, luminosa e com quem dá gosto conversar, daquela que não se esquece. Histórias do Minho, do meu polígono estratégico. Moledo com a arte e a ironia de António Pedro. Folhagem de árvores junto da praia. Ide, ide, ide para as Caraíbas, ide para Punta Cana. Ide para longe.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Fernanda a 22.02.2012 às 14:17

Descobri o seu cantinho por mero acidente, mas ainda bem.
Vivo em Cerveira, terra do meu pai e por mim adoptada há 20 anos. Amo-a!
Por isso publiquei este seu texto, que adorei, agora mesmo no meu Blog - http://nacasadorau.wordpress.com.
Está devidamente creditado.

Espero vê-lo por lá.

Abraço

fernanda
Sem imagem de perfil

De Fernanda a 22.02.2012 às 16:06

Não sei se recebeu o meu comentário anterior.

Gostava de ter uma confirmação.

Publiquei este seu texto no meu Blog devidamente creditado.

Abraço e parabéns pelo mesmo amor nutrido por estas paragens que são as minhas.

Comentar post




Blog anterior

Aviz 2003>2005