Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por FJV, em 14.01.06
||| Ministério, 2. (ver post anterior)
Gustavo Rubim acrescenta mais pontos: «Este pessoal pode fazer as acusações que quiser, agora quanto ao «dirigismo» é que não se pode levá-los à letra porque já deram provas bastantes e sobrantes de adorar o dirigismo, contanto apenas que o dirigismo dirija na direcção que lhes convém. Que é como quem diz: quem não os conheça, que os compre. Eu conheço-os de ginjeira e tenho mais onde gastar.»

Autoria e outros dados (tags, etc)




Blog anterior

Aviz 2003>2005