Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por FJV, em 03.04.06
||| Vaidade, tudo é vaidade.













A revista Lire deste mês propõe dez títulos de romance policial «do mundo inteiro»: «Du Portugal à la Chine, en passant par les Etats-Unis, leurs auteurs ont en commun de renouveler le genre et d'ouvrir sur d'autres cultures.» E dá destaque aos «inspecteurs Jaime Ramos et Filipe Castanheira», dizendo que este livro destila «un charme noir en même temps qu'elles excitent les papilles gustatives». Diz outras coisas, mas até a vaidade tem limites.

Autoria e outros dados (tags, etc)


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Libuska a 17.04.2006 às 00:02

se for sincera, a auto-menção da vaidade resulta 'adorável' até porque, como disse "amc" atrás, é sobretudo orgulho. Orgulho que aqui remete paradoxal e subliminarmente para uma modéstia que capta, amacia...
se não for sincera é boa táctica pois potencia 'fishing for cumpliments'. A excitaçãp das papilas gustativas 'através' d'un charme noir é apelativa qb. Em suma, acho que é de 'batotear' tentando pôr o livro no topo do monte que jaz na mesinha de cabeceira...
Sem imagem de perfil

De M em Campanhã a 11.04.2006 às 17:01

e eu, que estou acabadinha de devorar esse seu policial romântico (depois de ler todos os M V Montalbán julgava que mais nada me estava reservado neste estilo, embora já devesse saber que na literatura nunca nunca deixarei de ser surpreendida, sempre e sempre). parabéns e por favor diga-me onde posso encontrar um céu demasiado azul?
Sem imagem de perfil

De joao a 07.04.2006 às 03:04

Mande a modéstia às favas, o livro é, de facto, muito bom. A propósito, continuo à espera de nova edição de "Um céu demasiado azul" - será que, metendo aqui a "cunha" ao autor, o livro é finalmente republicado?
Sem imagem de perfil

De AEF a 05.04.2006 às 13:00

É assim mesmo, campeão. Ganda golo!
Sem imagem de perfil

De Miguel Marujo a 05.04.2006 às 00:20

Parabéns, pois claro!
Sem imagem de perfil

De Paulo José Miranda a 04.04.2006 às 22:35

Parabéns!
E sábado há que manter a calma.
Sem imagem de perfil

De aNtonio a 04.04.2006 às 15:26

Um bom tradutor é impagavel ;)
parabens!
Sem imagem de perfil

De Fernando Rogério a 04.04.2006 às 14:13

Desculpa (aprendi,na minha profissão, a tratar quem gosto por tu) não seguir na corrente da parabenização, de todo merecida. Mas a mim, que li a dita trilogia, cabe-me o direito de reivindicar por mais. Eu comprei, li (que delicioso pormenor nos dias de hoje), gostei e, como tal, continuo à espera do próximo. Não sendo um fã das tuas (lá estou a tratar por tu, mas é irresistível) ideias políticas, sou-o em absoluto da tua escrita e reclamo o direito de o dizer como tu (?) de ter esse delicioso cantinho do hooligan... Apoiado!
Sem imagem de perfil

De Pitucha a 04.04.2006 às 08:10

Parabéns! Vivendo no estrangeiro é sempre com muito orgulho que vejo os meus compatriotas serem reconhecidos.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Aires a 04.04.2006 às 02:03

Humm, já ouvi falar desse tal Viegas... será que vale a pena? Será que podemos confiar nos franceses???
Parabéns e abraços!

P.s. E o raio do almoço, sempre é no dia 24 como me disse o JPC?

Comentar post


Pág. 1/2




Blog anterior

Aviz 2003>2005