Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por FJV, em 21.11.05
||| Contos mínimos. Uma versão de fada galdéria.
Vem no Hotel Sossego (aliás The story of six people trying to make sense of why their dogs have gone wild), uma versão mais dos contos mínimos:
Conto sobre uma fada de nariz arrebitado
«Era uma vez um rapaz que perguntou a uma fada galdéria:
- Sabes porque é que eu não quero casar contigo?
- Sei, porque sou uma galdéria.
- Não, porque és demasiado velha para ser uma galdéria comme il faut.
- Mas quem te disse que eu quero casar com um francês? Sei lá se és de terceira geração...»

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Marco Mendes Velho a 22.11.2005 às 00:06

Também tenho uma .... Mal fadada, asneirenta e incorrecta. Vejam, vejam senhores...
Sem imagem de perfil

De katraponga a 21.11.2005 às 18:42

Era uma vez um candidato que perguntou a uma fada galdéria:
- Fada galdéria, quer ser minha mandatária?
- Mandatária para a juventude?
- Não sei, é tabu.

Fim.
Sem imagem de perfil

De Rui MCB a 21.11.2005 às 17:14

Búúúú! (para o post)
Sem imagem de perfil

De Álvaro Brandão a 21.11.2005 às 15:45

Só mais uma (muito a propósito das últimas enervantes polémicas):

Era uma vez uma rapariga que pergunta a outra rapariga:
- Queres casar comigo?
- Sim. Mas onde? Em Espanha?
- Não. Na Holanda.
- Posso beijar-te?
- Podes.
- Na boca?
- Não. Na Holanda.

Comentar post




Blog anterior

Aviz 2003>2005